Prótese de Ombro – Artrose

protese1 protese2

Diversos desenhos de próteses do ombro: o objetivo é buscar a semelhança com a anatomia normal da articulação.

Prótese Eccentra: desenvolvida no serviço – é modular: apresentando um componente de glenóide (a, b, c) e um da cabeça (d, e), com tamanho variáveis que possibilitam uma melhor adaptação.


Algumas doenças degenerativas do ombro e algumas fraturas muito graves necessitam e devem ser tratadas com as próteses de ombro. Estas têm vários desenhos e modelos, porém devemos procurar as que mais se assemelham a anatomia normal do ombro.


A prótese de ombro é constituída de duas peças, sendo uma metálica e que imita a cabeça do úmero e outra de polietileno de alta densidade que substitui o encaixe do ombro, cavidade glenoidal. Dependendo da situação pode ser parcial ou total, ou seja, podemos utilizar apenas o componente de metal umeral, o componente de polietileno glenoidal, ou os dois componentes.


Em geral, nas fraturas utilizamos apenas o componente umeral para substituir o osso danificado; já nas artroses, ou desgaste da articulação, devemos utilizar os dois componentes, ou seja, a prótese total .


A técnica da colocação da prótese de ombro é muito delicada e necessita de um profissional experiente na cirurgia de ombro para que sejam minimizados os riscos de complicações, uma vez que é uma operação praticamente definitiva e de difícil revisão.